Teresa Maia | O florescer da vida após o câncer de mama
O florescer da vida após o câncer de mama

Teresa Maia

Recife, PE, 2007

O florescer da vida após o câncer de mama

Na foto, Irene Elza dos Santos, com 76 anos, lançou: “Se você quiser, tiro a blusa e mostro como ficou depois da cirurgia. Quem manda em mim sou eu.” Foi quando das imagens brotaram flores.

A imagem de Irene ilustrou matéria sobre a ação solidária de mulheres da Oficina Marta Rabello, no Hospital do Câncer, no Recife, responsáveis pela confecção de próteses a serem entregues gratuitamente a pacientes mastectomizadas.

A ação devolvia a auto-estima das mulheres. Entre os relatos das voluntárias, havia até quem chegasse à oficina com fraldas no lugar do seio que faltava por não ter dinheiro para adquirir uma prótese.

Irene não tirava a prótese dela nem para dormir. Mas, naquele dia, aceitou mostrar-se sem o artefato. E isso diz muito da arte de fotografar.

Sobre a autora

Teresa Maia
(Recife, PE, 1962)

Teresa é fotógrafa, com 30 anos de atuação em fotojornalismo, tendo exercido a função de editora de fotografia por três anos no Diario de Pernambuco. Por sua atuação como repórter fotográfica, ganhou vários prêmios importantes internacionais, nacionais e regionais, em reconhecimento ao seu trabalho, como o Prêmio Rei da Espanha, Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo, Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, Prêmio BNB de Jornalismo, Prêmio Marcia Dangremon em Defesa dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes, Prêmio Cristina Tavares de Jornalismo, dentre outros, além de figurar entre as melhores fotojornalistas do Brasil, com três fotografias no livro O Melhor do Fotojornalismo do Brasil (10a Edição, 218. Editora Europa). Suas imagens estão em agências de notícias e jornais do Brasil e do exterior, como Folha Press, Agência O Globo, Agência Estado, El País, Reuters, France Press, Folha de São Paulo, Correio Brasiliense, Estado de Minas, Diario de Pernambuco, além das revistas Continente, Veja, Exame, Nova Escola, etc. É graduada em Comunicação Social com Habilitação em Fotografia. Atuou também como fotógrafa em missões de paz do exército brasileiro no Haiti e com organizações não-governamentais no continente africano e em Israel. Atualmente atua como fotógrafa freelancer e realiza expedições fotográficas conduzindo grupos pelo país pela sua empresa Mirabilia Photo (www.mirabiliaphoto.com.br).

Skip to content