Maria Vaz | Memorial de Fachada
Memorial de Fachada

Maria Vaz

Três Ranchos, GO, 2014

Na pequena cidade de Três Ranchos, algumas casas resistem junto às memórias d’outro tempo, quando os dias passavam sem que lhes notassem as horas. Anos depois, no lugar onde um certo progresso veio fazer ruínas, encurralar o rio e interromper os trens, essas casas contam as histórias dos que um dia abrigaram.

Sobre a autora

Maria Vaz
(Belo Horizonte, MG, 1990)

Maria Vaz é artista visual, fotógrafa e pesquisadora, mestranda em artes pela EBA/UFMG. Em seus trabalhos trata da relação entre a memória individual e coletiva através da poética e da fabulação. Desenvolve uma produção híbrida por meio de experimentações entre imagem e palavra, analógico e digital e o uso de arquivos públicos e familiares. É co-fundadora do duo Paisagens Móveis, onde trabalha junto com Bárbara Lissa, e membro das plataformas Women Photograph e Mulheres Luz. Participou de diversas exposições no Brasil como o 1o Salão Nacional de Arte Fotográfica no Rio de Janeiro, Pequeno Encontro da Fotografia, em Olinda, 45° Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional Ribeirão Preto, Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia, em Belém do Pará. Em 2021 publicou seu primeiro fotolivro, junto do duo Paisagens Móveis, com o apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. No mesmo ano foi selecionada pelo prêmio Pierre Verger e finalista nos prêmios Lovely e Foto em Pauta para a publicação de fotolivros.

Skip to content